in

‘Morreu fazendo o que mais gosta’, diz amigo de peão morto pisoteado durante rodeio em MS | Mato Grosso do Sul


O peão tinha planos de conquitar títulos nacionais e participar de provas mundiais. De acordo com o tio de Uéliton, Rafael Ferreira Ramos, ele tinha o sonho de montar em arenas fora do país. “O sonho dele era monta e chegar nos Estados Unidos. A família está desesperada nesse momento, mas o pai e mãe dele não gostava que ele montava. Mas era o que ele queria”, explica.

Uéliton é natural do interior do estado de São Paulo e foi morar em Paranaíba (MS) ainda quando criança, quando aprendeu a montar.

O peão foi pisoteado na cabeça por um touro durante o Rodeio de Paranaíba (MS) morreu por parada cardiorrespiratória, segundo um dos bombeiros civis que atuava no evento e prestou atendimento à vítima.

Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, era de Santa Fé do Sul (SP), mas estava morando em Paranaíba e participava da semifinal do rodeio quando o acidente aconteceu.

O profissional Diego Henrique conta que Uéliton desceu do touro depois dos oito segundos obrigatórios na competição e, em seguida, foi atingido na cabeça por uma das patas traseiras do animal. O peão estava usando capacete e colete, itens obrigatórios de segurança.



Ir para fonte da informação