in

Coronavírus: ONU prevê retrocesso de 20 a 30% do turismo internacional por pandemia | Turismo e Viagem


A Organização Mundial do Turismo (OMT), agência da ONU com sede em Madri, prevê um retrocesso de entre 20 e 30% do turismo internacional em 2020, na comparação com o ano passado, devido à pandemia do coronavírus.

“Uma queda estimada de entre 20 e 30% poderia ser traduzida em uma redução do faturamento do turismo mundial de entre 300 e 450 bilhões de dólares, quase um terço do 1,5 trilhão de dólares gerados em 2019”, destacou a organização em um comunicado.

Isto, segundo a OMT, implicaria que a COVID-19 provocaria perdas equivalentes ao crescimento gerado pelo setor entre os últimos cinco e sete anos.

“O turismo é um dos setores econômicos mais impactados pela pandemia”, afirma no comunicado o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, que adverte que “milhões de empregos correm o risco de ser perdidos”.

A agência destaca que a crise econômica de 2008 provocou uma queda de 4% das viagens de turistas internacionais em 2009 e que a epidemia de Sars em 2003 provocou um retrocesso de apenas 0,4%.



Ir para fonte da informação