in

Boa Vista chega ao pico de contágio do coronavírus e prefeitura estuda antecipar feriados para manter quarentena | Roraima


A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (MDB), afirmou que a cidade chegou ao pico de contágio do novo coronavírus nesta terça-feira (26).

A capital concentra o maior número de casos e mortes pela doença em Roraima. Das 2.583 pessoas infectadas e 102 mortes registradas no estado, Boa Vista tem 1.924 casos e 83 óbitos.

Surita afirmou ainda que a cidade deve passar pelos piores momentos da crise de saúde até 10 de junho. Ela disse também que estuda antecipar feriados para manter a população em casa durante o pico, pois precisaria de apoio do governo estadual para decretar “lockdown”.

“Para fazer o ‘lockdown’ é preciso ter um plano e trabalhar em conjunto, é preciso definir as metas do que se quer durante os dias de ‘lockdown'”, afirmou Surita.

Surita exemplificou que uma das possibilidades seria usar a medida para que o município conseguisse aguentar até a abertura do hospital de campanha construído pela Operação Acolhida. A unidade já teve a abertura e funcionamento adiados quatro vezes porque o governo do estado não entregou profissionais e insumos.

“Não temos como fazer este planejamento pela falta de planejamento do governo do estado. E não estou criticando, é porque não tem mesmo. O novo secretário parece, pelas conversas que tivemos, que consegue caminhar com os processos e ações, mas como se perdeu muito tempo, é difícil acelerar e chegar onde precisava”, pontuou.

Procurado, o governo disse que assim que houver uma definição sobre o “lockdown”, a medida será amplamente divulgada.

O secretário de Saúde, coronel Olivan Junior, sugeriu ao governador Antonio Denarium (PSL) que peça intervenção federal na Saúde do estado para evitar um colapso durante a pandemia de coronavírus.

O Hospital Geral de Roraima (HGR), administrado pelo governo do estado, tem 112 leitos de enfermaria e 38 leitos de UTI com ventiladores mecânicos destinados à pacientes de Covid-19.

Até essa segunda-feira (25), havia 162 pacientes com Covid-19 internados na unidade. O governo, no entanto, não informou quantos leitos de UTI estão ocupados e quantos estão disponíveis.

A prefeitura atende casos de média e baixa complexidade, além de crianças. Já as situações de alta complexidade e adultos são atendidos pelo governo do estado. Os postos de saúde da capital têm alta procura por conta da pandemia.

“Estamos nos piores dias, vamos vencer, sair dessa situação e voltar ao novo normal e quanto mais nos preservarmos, mais rápido vamos passar por essa situação toda”, afirmou Surita.

Pacientes reclamam de demora em atendimentos nos postos de saúde Boa Vista

Surita afirmou que já tem um plano em mãos para reabrir o comércio de Boa Vista. No entanto, só pode começar a por em prática quando o hospital de campanha passar a funcionar e houver leitos de retaguarda para atender a demanda populacional.

“Se abrir o comércio agora, aumenta o número de pessoas infectadas. Eu peço que os comerciantes entendam que quanto mais a gente se cuidar, mais rápido vamos voltar ao normal. Assim que o hospital começar a funcionar, vamos começar a reabrir”, disse.

Por decreto municipal, apenas serviços essenciais deveriam ser mantidos no comércio da capital, mas lojistas têm resistido e funcionado de forma irregular.

De acordo com o discurso feita pela prefeita, os deputados federais Haroldo Cathedral (PSD) e Joênia Wapichana (Rede) foram os únicos parlamentares de Roraima que fizeram emendas destinando R$ 3,5 milhões para o município durante a pandemia.

“Isto foi tudo o que recebemos dos parlamentares, mas agora não é hora para acusações, nem de discutir isso, é hora de pensar nas pessoas”, afirmou em seguida.

Na semana passada, a prefeitura pediu à Justiça que obrigue o governo a fazer o repasse de medicamentos e testes rápidos para o município.

Segundo a prefeitura, o governo recebeu 17,6 mil testes até 19 de maio, mas enviou à capital 4,4 mil. Já os comprimidos de cloroquina foram recebidos 20 mil unidades até 15 de abril e repassados 300 para Boa Vista.

A cloroquina não possui resultados comprovados no combate ao coronavírus. Mas Boa Vista seguiu a recomendação do Ministério da Saúde e adotou o uso da substância no tratamento de pacientes infectados.



Ir para fonte da informação