in

Bairro comercial de Natal tem lojas abertas, aglomerações e até congestionamento neste sábado (9) | Rio Grande do Norte


Parecia uma manhã normal com várias pessoas aglomeradas nas ruas, lojas abertas, filas e até congestionamento no trânsito, mas as cenas foram flagradas na manhã deste sábado (9) no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal, durante a vigência de decretos que determinam o isolamento social no Rio Grande do Norte, devido o novo coronavírus.

Muitas pessoas usavam máscaras, mas a equipe da Inter TV Cabugi ainda flagrou idosos sem usar o equipamento de proteção. Havia muitas lojas fechadas, mas a maioria estava aberta. Inclusive lojas de de roupa e brinquedos, que, de acordo com o Procon municipal, não se enquadram entre os comércios que são considerados serviços essenciais.

Bairro Alecrim tem muita movimentação neste sábado (9), mesmo com decreto de isolamento social  — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Bairro Alecrim tem muita movimentação neste sábado (9), mesmo com decreto de isolamento social — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Algumas lojas que seguiam normas sobre limitação de pessoas dentro das unidades também registravam filas nas calçadas estreitas, o que gerava mais aglomeração. Também havia acúmulo de pessoas nas paradas de ônibus e na feira livre que ocorre toda semana no bairro.

De acordo com o diretor do Procon Natal, Gleiber Dantas, uma fiscalização conjunta com o Procon Estadual foi realizada neste sábado (9), para orientar os lojistas, de forma educativa, mas ele reconheceu a dificuldade de evitar o fluxo de pessoas nas ruas.

“É uma situação muito difícil, porque a gente vê que muitas pessoas não têm noção do risco que estão passando”, afirmou.

Mesmo com algumas lojas fechadas, bairro Alecrim tem manhã de sábado (9) movimentada em Natal — Foto: Mariana Rocha/Inter TV CabugiMesmo com algumas lojas fechadas, bairro Alecrim tem manhã de sábado (9) movimentada em Natal — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Mesmo com algumas lojas fechadas, bairro Alecrim tem manhã de sábado (9) movimentada em Natal — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Algumas lojas também foram flagradas em desconformidade aos decretos que estabelecem limite na quantidade de consumidores nas ruas dependências. O diretor afirmou que nenhum estabelecimento foi multado ou recebeu auto de infração, porque a ação era de fiscalização. “Muitos entenderam a situação e fecharam”, afirmou.



Ir para fonte da informação