in

Assis publica decreto municipal para reabertura de comércio e serviços | Bauru e Marília


Mesmo na fase 2, a chamada fase de controle, Assis seguiu a tendência de cidades vizinhas, como Marília e Paraguaçu Paulista, e abriu outros setores, avançando na classificação estabelecida pelo estado.

Mesmo classificada na fase 2, Assis liberou o consumo em bares, restaurantes, padarias e lanchonetes, permitido somente na fase 3.

Cidades do centro-oeste paulista flexibilizam atividades na fase 4

As academias de ginástica também vão continuar funcionando, seguindo as restrições sanitárias, o que seria permitido somente na fase 4.

A partir de agora, o comércio de Assis pode voltar a atender clientes, mas em horário reduzido, das 10h às 17h. Em todas as lojas haverá controle na entrada de pessoas, com limite máximo de 20% da capacidade.

Pelo Plano São Paulo, Marília estaria na área amarela, mas prefeito decidiu jogar a cidade como a única na área verde — Foto: Governo de São Paulo/Divulgação

Essa restrição no acesso do público vale também pros escritórios, imobiliárias, concessionárias e shoppings. Para entrar nesses estabelecimentos, só com todas as precauções, previstas no decreto. (CONFIRA AQUI A ÍNTEGRA DO DECRETO)

Além da retomada da economia, o decreto de Assis prevê o retorno das atividades religiosas. As celebrações serão realizadas novamente com a participação de pessoas, desde que alguns cuidados sejam tomados: regras de higiene, distanciamento e limite de até 30% da capacidade total do local.

Pelo decreto, pessoas com mais de 60 anos não vão poder frequentar igrejas e cultos porque fazem parte do grupo de risco.

As penalizações para quem descumprir podem variar de advertência até multa de R$ 276 mil.



Ir para fonte da informação