in

Assim que o isolamento acabar, dance com sua avó

Pesquisa mostra os benefícios de atividades familiares associadas a exercícios Pesquisadores da Universidade de Kibbutzim, em Israel, resolveram estudar os efeitos de duas importantes atividades para o bem-estar dos idosos: o convívio familiar e a prática de exercícios. Momentos de lazer em família desempenham um papel crucial no fortalecimento dos laços entre adultos e crianças e, principalmente, entre avós e netos. São canais poderosos de transmissão de valores e contribuem para afastar a solidão e a depressão do dia a dia dos mais velhos. E todos sabem da relevância do movimento para garantir um envelhecimento ativo e saudável, o que inclui a dança, que aumenta a força da muscular e o equilíbrio.
Avós e netas envolvidas em momentos de lazer combinados com exercícios: experiência israelense mostrou benefícios das atividades combinadas
Pixabay
Com base nessas premissas, um grupo de terapeutas resolveu estudar a interação das duas atividades em sessões nas quais avós e suas netas dançavam de forma livre – podia ser uma coreografia improvisada, ou algo aprendido na infância. Embora não houvesse limite de tempo, elas duravam entre dez e 15 minutos, de forma que nenhuma idosa ficasse cansada e aqueles momentos fossem prazerosos. Os encontros eram filmados e as participantes, além de entrevistadas, também eram encorajadas a manter diários sobre o que havia acontecido.
O que foi logo observado: aquela vivência tão próxima, na qual havia a experiência do olho no olho, do toque físico e do prazer da diversão, foi capaz de mudar o estado de espírito das idosas, que passaram a ter mais sentimentos positivos. Para as netas, responsáveis por estimular a participação das avós, os encontros alteraram sua visão da velhice e fortaleceram as relações familiares. A pesquisa foi publicada na revista acadêmica “Frontiers in Psychology”.
O doutor Einat Engelhard, responsável pelo trabalho, afirmou que precisaremos de criatividade e inovação para fazer frente aos desafios do envelhecimento. “As sessões tinham como objetivo promover algum tipo de atividade física, mas com o suporte de uma experiência afetiva, que lhe dava um outro significado, mais profundo. Mesmo quando o corpo não está em forma, ele se beneficia”, analisou.



Ir para fonte da informação